Planejamento no atendimento

 

Como é comum a todas as áreas da empresa, o planejamento é a chave para o sucesso de alguma ação. Com o marketing não é diferente! Para conseguir os resultados almejados e não ter problemas no meio do caminho, é preciso evitar uma série de falhas, como as que listamos a seguir. 

Como funciona o planejamento de marketing?

O planejamento de marketing é uma sequência de ações definidas por agências de publicidade ou por departamentos de comunicação internos à empresa. Veja os principais processos desse trabalho:

 

Análise interna 

O primeiro passo é entender a empresa e os seus clientes. Questões como proposta de valor, pontos fracos e fortes, personas e diferenciais no mercado devem ser muito bem definidas. Só assim o time de marketing consegue saber ao certo o que a empresa vende e para quem ela oferta seus produtos e serviços.

 

O processo de análise também é responsável por definir a linguagem utilizada pela empresa e o seu posicionamento no mercado. Marcas como a Natura, por exemplo, sempre trazem discursos engajados com questões ambientais. Já a Apple procura em todas as suas ações divulgar a inovação em tecnologia. 

 

Definição de objetivos 

O objetivo central pode ser atingir uma fatia maior do mercado e vender mais. Porém, essas definições são um tanto quanto vagas e precisam ser desmembradas em objetivos palpáveis e quantificáveis. É preciso definir em números exatamente o que se pretende para os próximos tempos: vender quanto? Atingir que fatia no mercado? Esses são exemplos de números mensuráveis para o planejamento. 

 

Definição do plano de ações

Cada objetivo pede uma estratégia diferente. Se o plano é lançar um novo produto, investe-se em ações, como criação de páginas no site, envios de amostras para influencers e divulgações nas redes sociais. Já se a ideia é aumentar o reconhecimento da marca, o time de marketing deve se concentrar em produzir conteúdo para blogs e redes sociais, por exemplo.

 

No plano de ações também deve conter o orçamento disponível para todo o período, definindo ao certo as quantias investidas em redes sociais, pesquisas no Google, campanhas off-line e ações com influenciadores e produtores de conteúdo. Tudo isso é regido por um cronograma muito bem acertado entre todas as partes envolvidas. 

 

Fluxo de aprovações  

É comum que todos os materiais produzidos pelo marketing – seja por meio de um departamento interno ou seja pelo auxílio de uma agência de publicidade – passem pela aprovação de colaboradores da marca. Para agilizar o processo, é fundamental que os dois times alinhem o fluxo de envio e retorno das artes e textos. 

 

Análise de resultados

A implementação do plano de marketing não é o fim do processo, longe disso! Após colocar em ação as ideias, é o momento de acompanhar os resultados. O procedimento permite a adequação de artes, textos, estratégias e qualquer outro recurso que possa melhorar a qualidade das produções. 

 

Possíveis falhas e seus impactos 

 

Cada um desses processos, ao apresentar falha, pode trazer impactos negativos aos resultados pretendidos. 

 

Análise interna 

A falta de alinhamento entre a proposta da empresa e o seu discurso pode resultar na falta de conexão com o público-alvo. Os textos e artes gráficas produzidos podem não atender às necessidades do cliente e não gerar reconhecimento ou interações úteis. Além do mais, a linguagem utilizada pode ser totalmente diferente do estilo empregado pelas pessoas que consumiriam algum produto ou serviço da marca. 

 

Definição de objetivos

A falta de um acerto claro entre a empresa e a agência de marketing – ou o time interno – pode causar desgaste na relação. Se a diretoria esperava um aumento de vendas, mas os responsáveis entenderam diferente e entregaram o crescimento das redes sociais, por exemplo, os interesses não batem. Por isso, é importante documentar tudo com objetivos palpáveis e muito bem definidos.

 

Definição do plano de ações

A junção de diversos elementos, como posts no Facebook, anúncios no Google e vídeos no Youtube se combinam para reforçar o discurso da marca em várias plataformas diferentes. Se uma dessas coisas sai do fluxo, a mensagem não se expande completamente e os resultados despencam. 

 

Fluxo de aprovações 

Se os responsáveis internos pela marca não entram completamente no fluxo de aprovações, o processo trava. A partir disso, posts não vão para o ar, vídeos não ficam prontos e o plano de ações se desfaz completamente. Pela falta da execução correta projetada pela equipe de marketing, os resultados não se mantém conforme o plano. 

 

Análise de resultados

Anúncios e posts em redes sociais são produtos muito voláteis, que podem não dar certo mesmo com toda a análise. Por isso, o time de marketing precisa ser rápido e ter o conhecimento necessário para mudar quando for preciso. Apenas produzir o conteúdo e não saber o impacto que ele causa não traz os resultados pretendidos por ambas as partes. 

 

Quer mais dicas? Então fique pelo nosso blog!

 

O poder do storytelling

Stories ou feed? Qual utilizar?

 

Sermos

Uma agência de conteúdo. E muito mais!

Monte a estratégia certa para o marketing da sua empresa! Fale conosco e conheça o nosso trabalho

0
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *