AIDA

O modelo AIDA é uma técnica desenvolvida por Elmo Lewis ainda no fim do século XIX – mais velha do que parece, né?. A sigla foi ficar famosa mesmo lá pelo meio da década de 1920, por meio do livro “Bond Salesmanship”, de Willian Towsend. Tem como principal objetivo o desenvolvimento e a ilustração dos passos do consumidor durante o processo de compra. 

A utilização do modelo é fundamental para ajudar profissionais de marketing e vendas a obter os resultados esperados. Pensando nisso, nós separamos uma explicação completa sobre a assunto. Confira! 

Qual o significado de AIDA?

AIDA não é um substantivo – será que existe o verbo “aidar”? Na verdade, é uma sigla, que envolve quatro pontos principais do funil de vendas. Veja:

Atenção

A atenção, como o próprio nome diz, se refere a ser visto pelo cliente. Afinal, caso ele não perceba a oferta, não investirá no produto. Portanto, para captar o olhar das pessoas, aposte em cores atrativas, discursos bem estruturados e sites que expressam claramente os objetivos da marca. 

Além disso, invista em “calls-to-actions” efetivos, como botões de “compre agora” ou “inscreva-se”, recursos fundamentais para ensinar os próximos passos para o cliente e deixá-lo mais tranquilo. 

Interesse

A letra I se refere ao interesse que o seu produto ou serviço desperta nas pessoas. De nada adianta você atrair a atenção do cliente e não conseguir deixá-lo interessado, né? Por isso, mostre os problemas que a marca pode solucionar e ofereça os diferenciais do item. O objetivo é convencer o comprador de que a sua empresa é a melhor solução para resolver os problemas.

Desejo

Despertar o desejo de seu cliente pode te ajudar a virar o jogo de vez. Esse é um processo delicado e que leva muito mais tempo do que as etapas anteriores, por isso, esclareça cada dúvida do consumidor e dedique-se a entender suas reais necessidades. 

Saiba que, na cabeça do consumidor, quando ele sente desejo pela compra, inicia um importante processo de pesquisa, analisando ofertas e produtos.  Quem ganha é o mais persuasivo. Para isso, alinhe o seu discurso e crie conteúdos e campanhas eficientes para acertar nas dores do cliente. 

Ação

Por fim, vem a ação, momento de manter a urgência do cliente e despertar a sensação de que o seu produto foi  a melhor aquisição que ele já fez em toda a vida. Deixe claro que o seu produto resolve todas as necessidades e torne o comprador um verdadeiro propagandista da marca! 

Com o modelo AIDA, suas vendas podem atingir  novas metas e sua empresa ganhar reconhecimento no mercado. Mensure os resultados e mantenha a evolução.

 

Gostou do texto? Então continue acompanhando nossas dicas nas redes sociais! 

Sermos

Uma agência de conteúdo. E muito mais!

Monte a estratégia certa para o marketing da sua empresa! Fale conosco e conheça o nosso trabalho

Leia também: Seguidores no Instagram: vale a pena comprar?

0
Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *